segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Pau de arara


É uma das mais antigas formas de tortura usadas no Brasil e já existia nos tempos da escravidão. O pau de arara é um método de tortura que foi muito utilizado no período da ditadura militar, nos conhecidos anos de chumbo.

Consiste numa barra de ferro que é atravessada entre os punhos amarrados e a dobra do joelho, sendo o conjunto colocado entre duas mesas, ficando o corpo do torturado pendurado a cerca de 20 ou 30 centímetros do solo. Nessa posição que causa dores atrozes no corpo, o preso sofria com choques, pancadas e queimaduras com cigarros.

17 comentários:

Anônimo disse...

Bons tempos...

Anônimo disse...

Bons tempos!!!
Os verdadeiros patriotas à frente da nação combatendo veementemente a criminalidade!
Hoje, com os petralhas no poder, vejam com está: onde está os investimentos para defesa do nosso país? Que caus é esse na segurança pública cujas leis ingenuas contribuem para criminalidade.

Anônimo disse...

Acima: dois imbecis.

Anônimo disse...

esses ridiculos dos dois primeiros que comentaram a cima bons tempos queria que fossem eles ali na quela época de tortura e crueldade dos policias da quela época
são uns idiotas mesmos

Anônimo disse...

estuprador pedofilos homicidas deviam ficar o resto da vida no saudoso PAU DE ARARA.

Anônimo disse...

Tenho certeza que na ditadura foram cometidos erros, mas tenho certeza também que foram cometidos muito mais acertos, que no caso são esquecidos e só lembrados as falhas. Provavelmente a maioria que foi torturada, que na minha opinião não é uma forma correta de persusão, foram culpados de atos de crueldade e crimes.

Os dois primeiros que disseram "Bons tempos..." se referiram a forma de vida que tínhamos naquela época, tempos de mais tranquilidade para se viver, que nessa política corrupta de civis estão acabando com o país. Militares no poder já!

Anônimo disse...

Ao "companheiro" do dia 06.02.13 nesta BOA epoca somente agitadores e vagabundos sofriam com isto, provavelmente na corja de sua familia já teve um, o "companheiro" deve ser um desses paz e amor a favor dos dieitos de bandidos da legalização das drogas, nesta época existia o respeito não esta inversão de valores que esta corja de "companheiros" que esta infelizmente no poder esta implandando.

SHAMI disse...

MELHOR SERIA SE TIVESSEM fuzilado TODOS OS COMUNAS,como fazem os comunas com "inimigos".Seriamos uma potencia hoje.

SHAMI disse...

Comunas "justiçaram"(MATARAM)dezenas de membros por SUPOSTAS TRAIÇÕES e DELAÇÕES,Genuino escapou assim como Dilma/WANDA.

dariosilva disse...

quantos anos tem a maioria das pessoas que comentam aqui, justiça deve existir sempre, acho nossas leis frouxas e os bandidos estão deitando e rolando, mas isto nós devemos resolver votando conciénte, agora dizer que a ditadura era boa, os policiais de hoje esculacham com as pessoas naquela epóca esculachavam também só que você ia dizer pra quem? Tinha politico ladrão tbm só que pra quem vc ia reclamar e um engano dizer que a ditadura era boa, até lideres comunitários eram "investigados" ou seja diziam a verdade de forma "expontanea", devem abrir todos os arquivos do que fizeram os orgãos oficiais e o que foi feito pelos subversivos e compare, ditadura não quero ver nunca mais.

Anônimo disse...

Tinha que colocar esse bando de pastores evangélicos e a turba de crentelhos no pau de arara!

Anônimo disse...

A quem defende a ditadura, alegado que eram 'BONS TEMPOS", quando os militares tomaram o poder, a inflação era de 80%, quando saíram era 300%, o CRESCIMENTO DA ECONOMIA BRASILEIRA, durante o regime militar, foi conseguido através de arrocho salarial e concentração de renda, política essa que gerou uma desigualdade social que só aumentou com o tempo, resultado disso, o surgimento e crescimento de favelas habitadas em sua maioria por pessoas que eram excluídas da sociedade, e justamente, em meio a esta parcela da população que foi marginalizada pelos governos militares,que se iniciou esta violência desenfreada que vemos hj. portanto aqueles que defendem a volta dos militares para resolver o problema da falta de segurança, saibam: esta falta de segurança que vivemos hoje, é uma herança maldita que os militares nos deixaram.

Ober disse...

Tempos estes que devem voltar, o mais breve possível.....

aranha junior disse...

Bocas de fumo em cada esquina, assaltos em todos os lugares todos os dias, tiroteio de gangues rivais a qualquer hora do dia disputando espaço ao nosso redor, leis que favorecem o crime, criminosos na delegacia rindo e debochando das autoridades. Se receberem uma prensa pra falar a verdade, vem logo os Direitos humanos pra defende-los, mas não defende o pobre trabalhador das garras deles. Nos tempos dos militares não havia nem um décimo dessa inversão de valores. E você que acredita ainda que a solução é voto, me desculpe mas eu vou dar risadas kkkkkkkkkkkk... Nós políticos atores, sem escrúpulos, dissimulados, enganadores, mentirosos, analfabetos, gananciosos, impiedosos, chefes de quadrilha, bandidos, traficantes de armas, temos de tudo, menos o peso necessário de honestidade que faça a diferença. O mal se corta pela raiz, mas esse não é o lema dos nossos juízes. Antes, na época das censuras, da moral; do respeito aos idosos, as senhoras e as crianças a tortura era para baderneiros, libertinos que exerciam influencia na sociedade pregando uma pseudo-liberdade que só jogou o país na lama. Militarismo já!

Anônimo disse...

Todos estes defensores do regime militar, são uns imbecis que nem podem ser chamados de asnos, para não ofender, metaforicamente, os pobres animais. A estupidez, a ignorância, a burrice, são de fazer inveja a qualquer animal irracional. Esses cérebros de toucinho não sabem que por razão da ditadura, primeiro a de Getúlio Vargas (com certeza nem sabem quem foi ele) depois dos milicos apoiados por civis, prejudicou pelo menos duas gerações de brasileiros que não tiveram formação política e, por esta razão falam tanta besteira. Esses suínos (desculpem-me os porquinhos) chafurdam na lama da ignorância. Vão estudar cambada de analfabetos ignorantes!

Anônimo disse...

Quem gosta do militarismo, que se mude pra Cuba.

Anônimo disse...

ENTÃO, DESGRAÇADO. SE NÃO TIVESSE HAVIDO O GOLPE. VC. ESTARIA PLANTANDO CANA E DE GRAÇA. IGUAL EM CUBA.INFELIZ.

Postar um comentário

Comentários dos leitores não refletem a opinião do blog.